Escolha uma Página

Todos sabem que o custo de uma festa de casamento é alto, contudo, com um pouco de planejamento é possível realizar uma cerimônia linda e econômica. Para os casais que sonham com o grande dia, mas não podem fazer um alto investimento, a melhor opção é seguir com um casamento mais simples e intimista. Em uma festa simples, o que se perde em formalidades e requinte ganha-se em charme e aconchego.

Confira algumas dicas preciosas para você planejar um casamento simples.

1. Defina o orçamento


Como em qualquer outro planejamento de casamento, o orçamento é um dos primeiros assuntos a ser discutidos. Portanto, antes de ir à procura dos fornecedores, o primeiro passo é descobrir o valor que o casal poderá investir. Para isso, é necessário contabilizar o quanto o casal ganha de salário, o quanto gasta com custos fixos (aluguel, luz, água) e se há alguma reserva na poupança. Com um valor em mente, ficará mais fácil tomar as próximas decisões como, por exemplo, a escolha do local.

2. Pense bem antes de fazer a lista de convidados


Para muitos casais, a lista de convidados é uma das etapas mais delicadas do planejamento do casamento, afinal, não é fácil decidir quais pessoas serão convidadas e quais não serão. Em um casamento simples, a ideia é reduzir custos de todas as formas, portanto, isso implica até mesmo no número de pessoas convidadas.

Quando ficar na dúvida se deve convidar ou não determinada pessoa, faça duas perguntas simples: essa pessoa tem ou teve uma participação especial na vida do casal? Você ficaria triste se não recebesse convite para o casamento desta pessoa? Se a resposta for “não”, lembre-se que por mais difícil que seja deixar alguém de fora, chamá-la apenas por educação não é a proposta deste estilo de cerimônia.

3. Procure locais alternativos e mais econômicos


O cuidado com a escolha do local é crucial para não exceder o orçamento. Salões de festas tendem a custar caro, principalmente os que são renomados nesse ramo de casamentos. Mas acredite, há muitas alternativas para gastar pouco e surpreender os convidados.

A festa de casamento pode ser realizada em um espaço cedido por uma pessoa próxima, na casa de campo da família, em um hotel fazenda ou até mesmo em um restaurante. Caso um amigo do casal tenha um local interessante e que comporte uma cerimônia, entre em contato e faça uma proposta. Certamente o valor da locação será inferior comparado a estabelecimentos comerciais.

4. É possível fazer uma decoração charmosa sem gastar muito

Em um casamento, a decoração tem o importante papel de enriquecer o espaço e compor o estilo da festa. Em um casamento simples, a decoração também é bem-vinda, contudo, de forma sutil e longe de qualquer ostentação.

5. Monte um cardápio com opções econômicas


Se a regra é economizar, fuja dos grandes buffets e dos menus sofisticados. Festas intimistas permitem criar um cardápio com opções econômicas como, por exemplo, finger foods comidinhas para comer com os dedos.

6. O convite de casamento também pode ser simples


Existe uma infinidade de modelos de convites de casamento. É possível escolher o papel, a cor, o formato, o tamanho, a caligrafia e todos os detalhes dele. Casamentos sofisticados pedem convites requintados. Já para casamentos simples, o ideal é que os convites sigam a mesma proposta da festa, portanto, a palavra chave é simplicidade.

Para quem quer economizar, uma alternativa é recorrer a gráficas que já possuem layouts semi-prontos para impressão. Além disso, algumas escolhas ajudam a baratear o custo, como a escolha de um papel com gramatura baixa e impressão apenas em um lado.

7. O look dos noivos também pode ser simples


Para quem pretende contabilizar todos os gastos envolvidos, é importante incluir também os trajes que noivos irão utilizar no dia do casamento. Seguem algumas inspirações para os noivos que desejam investir na simplicidade.

Disponível em: enoivado